Segurança e tolerância de doses crescentes de canabinóides em gatos saudáveis

21 February 2022 – News

Segurança e tolerância de doses crescentes de canabinóides em gatos saudáveis

O uso de canabinóides, especialmente o do canabidiol (CBD), no tratamento de animais de companhia tem aumentado ao longo dos últimos anos.

Estudos comprovam que o uso de CBD aumenta a mobilidade e diminui a dor em cães que sofrem de osteoartrite. Além disso, está estudado que o CBD diminui o número de convulsões em animais desta espécie diagnosticados com epilepsia idiopática. Tanto os estudos em humanos como em cães sugerem que podem ser necessárias doses superiores para que o CBD atinja eficácia, dependendo do estado de progressão da doença.

Os estudos em gatos são raros e, até 2021, nenhum avaliava a segurança e tolerância de diferentes doses de CBD (>4mg/kg/dia) e/ou tetrahidrocanabinol (THC) nesta espécie. Outra falha da literatura é a da descrição das manifestações em felinos aquando da exposição acidental a produtos canabinóides humanos. Em cães, as consequências da exposição ao THC (com ou sem CBD) estão estudadas, mas relativamente às manifestações em gatos, apenas estão publicados dois case reports sobre intoxicação por canábis. Este estudo tenta perceber a segurança e tolerância de doses crescentes de formulações bem definidas de canábis.

Os resultados deste estudo apoiam que o CBD é seguro e bem tolerado por gatos saudáveis. Para além disso, os felinos medicados com CBD não manifestam alterações significativas de hemograma e análises de bioquímica sérica. Comparativamente a formulações com THC, o CBD está associado a menos efeitos adversos e alterações comportamentais. Óleos com THC levam frequentemente a letargia, ataxia, hipotermia, protusão da terceira pálpebra e vocalizações.

Este estudo foi desenvolvido com um número pequeno de animais saudáveis, o que pode não ser representativo dos gatos domésticos dos tutores ou de gatos doentes. As suas conclusões apoiam a investigação contínua do potencial do CBD como fármaco oral em gatos, sugerindo que este possa ser considerado uma opção de tratamento segura em medicina veterinária.

 

Kulpa, J.E., Paulionis, L.J., Eglit, G.M.L., Vaughn, D.M. (2021) ‘Safety and tolerability of escalating cannabinoid doses in healthy cats’, Journal of Feline Medicine and Surgery, 23(12), pp. 1162–1175.

DOI: 10.1177/1098612X211004215 journals.sagepub.com/home/jfm