Gestão de conflitos em equipas veterinárias

28 December 2020 – News

Gestão de conflitos em equipas veterináriasO conflito é visto como uma componente natural dos ambientes de trabalho, sendo particularmente comum entre profissionais de saúde. Os primeiros sinais podem ser subtis, mas saber identificá-los e agir atempadamente é fundamental para evitar danos maiores nas equipas. Estes processos interpessoais complexos baseiam-se na incompatibilidade, discórdia ou dissonância e podem surgir devido a vários elementos, nomeadamente expectativas do cargo na equipa, competição entre departamentos, diferenças pessoais ou problemas decorrentes do processo de tomada de decisões. Os problemas de comunicação e a falta de suporte organizacional são referidos em vários estudos como fatores predisponentes e perpetuantes destes conflitos. Acas (2014) sugeriu três formas de as pessoas responderem ao conflito – fight (lutar/enfrentar), flight (fugir) e/ou freeze (congelar/não atuar). A sua influência na equipa pode ser positiva (construtiva) ou negativa (destrutiva). De facto, a correta gestão de “choques” entre colegas pode contribuir para uma maior inovação, criatividade e motivação. Conflitos por resolver podem prejudicar a produtividade de uma organização. Os diretores clínicos e enfermeiros chefe têm um papel muito importante no que diz respeito à manutenção do equilíbrio de uma equipa veterinária uma vez que devem garantir que os elevados padrões de atenção aos pacientes e clientes são mantidos, ajudando a equipa a criar sinergias colaborativas. Apesar de aparentemente assustador, confrontar os conflitos interpessoais é muitas vezes a chave para evitar problemas maiores no futuro. Comunicações por escrito devem ser evitadas uma vez que tornam mais fácil a criação de equívocos. Recomenda-se falar em conjunto com os indivíduos envolvidos no conflito e pedir-lhes que contem a sua visão dos factos sem interrupções de modo a tentar encontrar a base do conflito. O artigo em que se baseia este resumo foca-se particularmente nos enfermeiros veterinários, mas o seu conteúdo pode aplicar-se a várias áreas – nomeadamente os métodos de gestão de conflitos e a checklist de resolução de conflitos. A prevenção de problemas interpessoais nas equipas pode ser feita implementando inquéritos de satisfação e garantindo que todos os membros veem o seu papel na equipa de forma clara. É importante considerar que a cultura da organização é principalmente estabelecida pelas chefias e que as mesmas não devem descurar o seu papel em manter a harmonia. Kerringan, L. Strategies for managing conflict within a team. July 2019. https://www.theveterinarynurse.com/review/article/strategies-for-managing-conflict-within-a-team