Generalidades sobre os vírus Influenza

18 January 2021 – News

Generalidades sobre os vírus Influenza

Os vírus Influenza têm tido um grande impacto negativo na saúde animal (incluindo a humana) e na economia a nível global. Por poderem ser infetados por estirpes que afetam aves e humanos, os porcos são muitas vezes associados a este tipo de vírus. Esta investigação baseou-se numa extensa revisão de literatura e na análise bibliométrica de trabalhos publicados entre 1930 e 2020. O objetivo era avaliar as tendências do conhecimento sobre os vírus influenza suínos. Como seria de prever, 2009, por ser o ano da pandemia H1N1, foi o período em que se fizeram mais publicações sobre o tema. Um dado curioso foi verificar que a investigação sobre os vírus influenza suínos começou a aumentar nos anos 70, quando houve o surto de H3N2 em Hong Kong. O país com mais estudos publicados sobre este tema, neste período, são os Estados Unidos, país onde também se verificou a maior rede de colaborações. Esta revisão permitiu também destacar o crescimento científico nos países BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China). Os subtipos mais estudados, tanto em humanos como em suínos, foram o H1N1 e o H3N2. Tornou-se claro que eventos globais relacionados com a saúde humana estão diretamente correlacionados com o aumento de publicações científicas, não apenas sobre humanos, mas também relacionadas com outras espécies – os suínos foram os mais estudados, seguindo-se os humanos, os ratos e os furões. Além disso, a falta de referência ao sequenciamento genómico em 75% dos estudos destaca a importância de garantir que, em futuras investigações, a nomenclatura completa seja utilizada. Desta forma o viés pode ser minimizado.

 

Frias-De-Diego, A. et al. (2020). A Century of Swine Influenza: Is It Really Just about the Pigs?. Veterinary Sciences, 7, 189; doi:10.3390/vetsci7040189