Eficácia do GS-441524 no tratamento da PIF

5 April 2021 – News

Depois de resultados promissores com o GS-5734 (Remdesivir), um pró-fármaco usado na prevenção de alguns vírus RNA em laboratório, começou a ser avaliado o efeito do nucleósido GS-441524, um derivado do remdesivir, no combate à Peritonite.

A investigação aqui descrita incluiu 31 gatos diagnosticados com PIF que não apresentavam alterações oculares ou neurológicas evidentes: 26 tinham PIF efusiva e 5 não-efusiva. Pararam-se todos os tratamentos não essenciais e a dose inicial consistiu em injeções subcutâneas (SC) de 2 mg/kg de GS-441524 a cada 24 horas. Os protocolos terapêuticos duraram no mínimo doze semanas. Nos casos em que, ao fim desse período, os valores de proteína sérica continuaram elevados, o tratamento foi prolongado e a dose aumentada para 4 mg/kg.

Os resultados foram extraordinários nos 26 gatos que completaram as doze semanas de tratamento (os restantes 5 gatos morreram ou foram eutanasiados). A título de exemplo, em alguns animais verificou-se a resolução da febre em 12-36 horas, da icterícia em 2-4 semanas e da efusão abdominal 10-14 dias após o primeiro dia de tratamento. Houve recidivas em oito dos 26 gatos, reportadas entre os dias 3 e 84 após o tratamento. A maioria delas consistia em febre, anorexia e falta de atividade.

No momento desta publicação (fevereiro de 2019), 24 dos doentes estudados continuavam saudáveis. Assim, podemos concluir que o GS-441524 parece ser uma opção segura e eficaz no tratamento da PIF. Após análise dos resultados do estudo, concluiu-se que a dose mais indicada é de 4mg/kg, SC, SID, por um período mínimo de doze semanas.

Pedersen, N. C., Perron, M., Bannasch, M., Montgomery, E., Murakami, E., Liepnieks, M., & Liu, H. (2019). Efficacy and safety of the nucleoside analog GS-441524 for treatment of cats with naturally occurring feline infectious peritonitis. Journal of Feline Medicine and Surgery, 21(4), 271–281. https://doi.org/10.1177/1098612X19825701