Análise da variabilidade da frequência cardíaca em cavalos para o diagnóstico de arritmias

8 November 2021 – News

Análise da variabilidade da frequência cardíaca em cavalos para o diagnóstico de arritmias

A análise da variabilidade da frequência cardíaca (VFC) foi inicialmente posta em prática para detetar alterações no equilíbrio da estimulação vago-simpática. Mais recentemente, e tirando o melhor partido dos avanços tecnológicos, começou também a ser utilizada para identificar arritmias cardíacas, especialmente fibrilhação atrial (FA).

VFC é o termo utilizado para descrever oscilações na frequência entre ciclos cardíacos consecutivos, registada através de ECG, monitorização da frequência cardíaca ou outra forma. Um aumento da variabilidade pode dever-se a diferentes causas: resposta normal e fisiológica a oscilações do tónus parassimpático, condições patológicas associadas a determinados padrões respiratórios ou arritmias.

Em medicina humana, a análise da VFC foi já amplamente descrita em diversas áreas de atuação. Em medicina equina é emergente a sua investigação para aplicação no diagnóstico de arritmias cardíacas. Este artigo de revisão resume a informação atualmente disponível sobre VFC e a sua aplicação em cavalos.

Entre as principais indicações para realização da análise da VFC estão incluídas a avaliação de resposta a um tratamento médico ou cirúrgico, a deteção de arritmias subtis, a comparação de alterações de frequência da arritmia ao longo de um período de tempo e a monitorização da evolução da doença.

Existem importantes fatores a considerar quando se realiza a colheita de dados para a análise da VFC: o tipo de equipamento utilizado, a altura e duração do período de registo, se o animal está em repouso ou em exercício, a seleção do intervalo a analisar (intervalos RR ou PP) e o processamento manual após o registo (eliminação de eventuais artefactos).

A análise de VFC pode ser uma ferramenta muito útil no exame de indivíduos com arritmias e contribui para melhorar o conhecimento atual na compreensão do mecanismo da doença, prever desfechos indesejados e melhorar a abordagem terapêutica em cavalos com arritmias cardíacas.

Mitchell K.J. and Schwarzwald C.C. (2021) Heart rate variability analysis in horses for the diagnosis of arrhythmias. The Veterinary Journal, Vol.268, 105590 https://doi.org/10.1016/j.tvjl.2020.105590